thumb_IMG_8043_1024

Conheça os projetos vencedores da 3ª edição do Prêmio Empreendedor Cultural

O Prêmio Empreendedor Cultural divulga os projetos contemplados em sua terceira edição. O projeto tem a realização da Cida Cultural, com curadoria de André Martinez e patrocínio da RGE Sul. Nas duas primeiras edições, o Prêmio viabilizou 19 iniciativas culturais, que foram desenvolvidas em pelo menos 28 cidades do Rio Grande do Sul.  Os projetos premiados nesta edição foram:

HORIZONTE DE NEON (Canoas) Performance de dança na rua e streaming de videodança se interconectam em um espetáculo transmídia para refletir sobre presença das tecnologias nas relações interpessoais. O processo de criação e os aprendizados resultantes serão compartilhados em um documentário. As apresentações ocorrerão sempre à noite e os bailarinos usarão figurinos à base de LED. O espetáculo passará por 08 cidades do RS: Canoas, Salvador do Sul, Esteio, Dois Irmãos, Ivoti, Lajeado, Estrela e Montenegro. Além dos espetáculos, o projeto prevê a veiculação de 04 videodanças, uma delas com participação do público das cidades.  Empreendedor: KHAOS Cênica.

A ARTE A SERVIÇO DA ALPHORRIA (Venâncio Aires) Um lugar para fortalecer. Em uma região de forte colonização europeia, uma ONG será espaço de uma série de atividades que buscam valorizar a diversidade e difundir a cultura negra. Serão oficinas de capoeira, dança afro, beleza negra, culinária afro e percussão, além da criação e execução de uma intervenção cultural de raiz afro-sul-rio-grandense. Além disso, na semana de Consciência Negra de 2017, a ONG Alphorria vai pras ruas, realizando uma Mostra Cultural. Empreendedor: Bola Idéia.

FRONTEIRA CRIATIVA (Santana do Livramento) Um lugar para ampliar os limites. Produtores culturais se articulam em redes colaborativas para empreender e transformar a fronteira Brasil-Uruguai em polo da economia criativa na América do Sul. Será uma semana de intensa programação, com encontros com artistas, profissionais e pesquisadores em criatividade, cultura e inovação para ativar a economia criativa da região fronteiriça gaúcha com o Uruguai. Empreendedora: Amanda Ziani.

PÉ DE VELA – ARTE E SUSTENTABILIDADE (Esteio) Pedras no caminho não vão parar essa trupe! A dupla teatral percorrerá rodovias gaúchas de bicicleta para difundir seu novo espetáculo de rua, além de oficinas de teatro e malabares e um espaço para troca de sementes! A dupla passará por 07 cidades gaúchas: Estrela, Ivoti, São Sebastião do Caí, Esteio, Montenegro, Nova Santa Rita e Triunfo. Empreendedora: Cia Palma

PERIFERIA EM MOVIMENTO (Canoas) Redes comunitárias se articulam e a periferia recebe um cortejo cheio de arte e consciência social. Direitos humanos são a tônica desse projeto que levará apresentações teatrais e seminários para cinco bairros de periferia. A experiência, totalmente participativa, será compartilhada em conteúdos para internet e em um documentário. A Cia TIA Teatro (Teatro Ideia Ação) passará por 05 cidades do RS: Montenegro, Canoas, Novo Hamburgo, Sapucaia do Sul e Nova Santa Rita. Empreendedor: TIA Teatro.

PRODUÇÃORS.COM.BR (Dois Irmãos) Olhares múltiplos em um encontro improvável, porém, produtivo. Produtores gaúchos que moram em outros estados e países se juntam com produtores de outros lugares do Brasil que vivem no Rio Grande do Sul para debater diferentes formas de se produzir cultura. Cada produtor irá produzir um evento conforme sua área de atuação, além de palestras, intercâmbio de experiências e alianças que prometem agitar a pequena cidade do Vale dos Sinos. Empreendedora: KUNST empresa de cultura.

RUAS COBERTAS DE CRIANÇAS – MOSTRA DE PRODUÇÃO MUSICAL AUTORAL INFANTIL GAÚCHA (São Leopoldo) Pais, mães e filhos compartilham momentos transformadores em oficinas de musicalização em família. Realizado por artistas consagrados da musica autoral infantil – os grupos Aquarela e Cuidado que Mancha e o músico e escritor Cláudio Levitan – o projeto contempla ainda workshops para educadores e concertos abertos ao público. Serão dois dias intensos de programação em Arroio do Meio e Esteio. Empreendedor: Jazz Produtora de Arte.

Na terceira edição do Prêmio foram destinados 200 mil reais divididos entre os projetos culturais vencedores de diversos segmentos e linguagens artísticas. Os sete projetos contemplados serão desenvolvidos em 17 cidades do interior gaúcho. Com patrocínio da RGE Sul e realização da Cida Cultural, o Prêmio Empreendedor Cultural se consolida como uma das iniciativas mais inovadoras do Rio Grande do Sul e que estimula produtores culturais que fazem a diferença em suas comunidades, oferecendo formação, recursos financeiros e acompanhamento técnico. No próximo dia 13 de abril, os contemplados receberão a premiação, na sede da RGE Sul em São Leopoldo.